20080929
3 Pensadores

O MEME DO DR. FREUD!

segunda-feira, setembro 29, 2008
ATENÇÃO! Este post parece mais um contrato de plano de saúde! Porém, acalme-se e leia com prazer, pois é apenas um meme inofensivo! Qualquer fato semelhante a sua realidade será somente uma mera coincidência!

Toc, toc, toc... ouviu-se o som seco no cedro maciço daquela porta. Não era uma batida comum, mas o símbolo de uma súplica por alguém que soubesse escutar. O Dr. Freud sabia. Naquele dia, o psicólogo resolveu, finalmente, ir ao analista. Marcou a consulta e ainda levou a jornalista que foi por muita insistência dele, pois ele acha que o que pode ser bom para o ego deve ser também para o alter-ego, para o superego e para todas as partes de sua personalidade fragmentada que formatam um pensador. E a jornalista é parte integrante do seu self! Tinha que ir, ora! Bem, sentaram-se e depois das apresentações o psicólogo, que não é de fazer cerimônias, foi direto ao assunto:
PSICÓLOGO: - Dr., eu preciso falar, tenho que elaborar todas essas minhas
questões que me perseguem e que não me deixam dormir!
JORNALISTA: - Falar mais ainda! É só o que ele faz! Dr., eu até troquei o “Jornal do Dez” p’ra ficar ouvindo as divagações dele! É que a fala nem sempre da conta de tudo, se assim fosse, não existiria a arte!
DR. FREUD: - Deixemos as divagações de lado... se você quer tanto falar, por que ainda não fez um blog, meu filho?
PSICÓLOGO: - É algo para se pensar... sim, eu poderia colocar os tantos furacões que assolam a minha cabeça e ainda provocar o “quengo” dos outros! Colocaria lembranças de sala de aula, dos professores, da minha infância, do dia-a-dia das ruas, dos colegas e a jornalista desenvolveria seu papel de formadora de opinião! Olha que...
DR. FREUD: - Calma, só um minuto... vocês poderiam me responder algumas coisinhas?
PSICÓLOGO/JORNALISTA: - Depende... é algum teste, pesquisa, pegadinha, quest...
DR. FREUD: Por que não se calam? Terão que responder sim, se não, eu botarei vocês p’ra correr daqui! Então, lá vai:
Uma memória de infância...PSICÓLOGO: - Tinha que ter esse assunto de infância, hein Dr.! O que seria do sr. se não fosse a infância? Sonhos, Complexo de Édipo, traumas... iria tudo por água abaixo, né! Mas, só uma? Eu tenho muitas lembranças da infância que eu nunca vou recalcar, elas são importantes demais! O amor da mamãe, dos irmãos, as idas para Icaraí e Aracati, a viagem p´ro Rio de Janeiro, os animais de estimação... a Kika e o Chuchu! O colégio. A turma da rua que jogava bola e andava de bicicleta, eu sempre gostei de bicicleta. E claro, a casa da minha vovó! Sei não... é muita coisa! Só não me lembro do meu pai, falecido em acidente, porque a amnésia infantil não deixa a gente lembrar mesmo...
JORNALISTA: - meu primeiro dia de aula, quando aprendi andar bicicleta e levei uma baita queda, a bike não tinha freio... kkkkk.
DR. FREUD: -
Sua novela preferida...PSICÓLOGO: - A novela da minha vida! Novela? Que conversa de novela! Ah, eu me lembro que quando eu era menino do buchão, comedor de rapadura, assistia a uma novela a “Que Rei Sou Eu”, tinha o Ravengar, o “Celular” e a Giulia Gam e retratava o Brasil da época... nunca mais fizeram uma igual!
JORNALISTA: - Escrava Isaura. Lembro, eu bem pequena no meio daqueles adultos, todos concentradíssimos na novela.
DR. FREUD: -
Sua referência como escritor...PSICÓLOGO: - Hum... essa é fácil: Skinner, Vigotski, Piaget, Foucault, Bretch... o sr. Dr… e tantos outros pensadores que ficaram loucos com tanta lucidez!
JORNALISTA: - José Arbex Jr., Fernando Morais, Ricardo Kotscho e mais alguns que não lembro agora.
DR. FREUD: -
Um herói ou heroína de novela inesquecível...PSICÓLOGO: - Só se for de novela mesmo! Pode pensar aí no “Celular” e na Giulia Gam da novela que eu falei, eram o espadachim e a princesa... e a Juma Marruá? Naaaam...
JORNALISTA: - O Álvaro, que salvou a escrava Isaura... é o novo!
DR. FREUD: -
O maior vilão ou vilã de novelas em sua opinião...PSICÓLOGO: - É claro que foi o Ravengar! Ele representava algo desconhecido que existe em cada um de nós e que temos que domar! Foi o sr. quem disse isso... e o ator se garantia!
JORNALISTA: - Odete Roitman em “Vale Tudo”.
DR. FREUD: -
Na pele de quem gostaria de passar um dia?PSICÓLOGO: - Na pele do meu chefe imediato... e ele seria o subordinado. Aí, eu iria ensinar a ele com quantos paus se faz um Palográfico! Estou de chiste hoje, eu iria tratar ele bem legalzinho! Além do mais... ficar com a cara ou o jeito dele não seria nada orgástico!
JORNALISTA: - Sinceramente, não sei.
DR. FREUD: -
Que profissão sempre sonhou em seguir?PSICÓLOGO: - Professor! Sempre achei uma profissão nobre, porém não possuo esse dom! Tenho uma dívida de gratidão com todos aqueles que me ensinaram alguma coisa!
JORNALISTA: - Sempre quis ser jornalista , quem sabe psicóloga...

DR. FREUD: -
Dias de sol são bons para...PSICÓLOGO: - Ora, pedalar lá nas “tapioqueiras”, é claro!
JORNALISTA: - Ir à praia!
DR. FREUD: -
Dias de chuva são bons para...PSICÓLOGO: - Estar lá na Serra de Guaramiranga com a minha “costelinha” aí!
JORNALISTA: - Ficar em casa ao lado do meu love!
DR. FREUD: -
Um livro...PSICÓLOGO: - Primeiro tem que ser a Bíblia! Depois... todas as obras dos meus queridos pensadores!
JORNALISTA: - A Bíblia, Quem Ama não Adoece, Shownarlismo, Perguntar Ofende, são tantos que se eu for falar, provavelmente ficaria horas aqui.
DR. FREUD: -
Uma canção que marcou sua vida...PSICÒLOGO: - Quando eu era só um pré-púbere, eu ouvia muito a Bonnie Tyler, “Total Eclipse For My Heart”, ficava olhando meu irmão dançando nas festinhas caseiras enquanto bebia um guaraná Wilson e mordia um pirulito Zorro! Gua! Eu ainda não recalquei isso!
JORNALISTA: - Não lembro de uma específica, ouvia muito MPB. Ah, lembro também de uma do Kid Abelha: “Quero você como eu quero”.
DR. FREUD: -
O filme que você não se cansa de ver...PSICÓLOGO: - Não existe... se eu ver um filme três vezes eu já entojo! Mas, os desenhos animados muito me agradam...
JORNALISTA: - Antes que Termine o Dia. É muito lindo esse filme. Assisti algumas vezes também, Espanta Tubarões. Adoro animações!
DR. FREUD: -
Uma mulher bonita...PSICÓLOGO: - Ah, meu chapa, não há quem desbanque a mamãe! Mas, como eu já resolvi o meu Édipo, passo a bola p’ra minha jornalista!
JORNALISTA: - Minha mãe, amooooooooooooooo!
DR. FREUD: -
Um homem bonito...PSICÓLOGO: - Meu espelho que o diga! E se a jornalista disser que sou eu é “coxinhagem”, pois lá na cozinha tem um calendário do “Diabechine”... ops, digo, do Gianechini pregado na parede!
JORNALISTA: - Hum... meu amor!
DR. FREUD: -
Uma frase...PSICÓLOGO: - “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Não há filosofia, nem ciência que tire essa do podium! Dela depende a humanidade.
JORNALISTA: - “Não temas o Senhor é contigo!”
DR. FREUD: -
Uma extravagância...PSICÓLOGO: - Aos meus 20 anos chegava a malhar quatro horas numa academia! Mas, hoje não sou mais vigoréxico não. Extravagância boa é amar, o resto deve ser dosado.
JORNALISTA: - Quando eu era adolescente, lia o tempo todo um livro atrás do outro. Minha mãe reclamava pq, era preciso me chamar várias vezes para ir comer, se deixasse eu esquecia do tempo.
DR. FREUD: -
Um arrependimento...PSICÓLOGO: - Não ter curtido mais ainda minha família na adolescência... mas, hoje eu consertei isso. E também não ter feito aquele monte de concurso que houve aqui em 1992...
JORNALISTA: - Ter sido muito estressada na época que fazia faculdade e trabalhava. Não vale a pena se estressar por nada nesse mundo!
DR. FREUD: -
Um sonho de consumo...PSICÓLOGO: - Um Maverick, mas não fazem mais como ele! Meus sonhos não são de consumo. Só que... hum... bem, uma casa no interior à beira de um lago. Aqui p´ra nós, uma speed Pinarello Prince não seria nada mal! Mas... eu quero é saúde, meu filho!
JORNALISTA: - Não tenho um sooonho de consumo, mas se tivesse grana sobrando, compraria um New Beetle, acho muito fofo, mais parece um brinquedo!
DR. FREUD: -
A palavra mais bonita da Língua Portuguesa...PSICÓLOGO: - Amor... tudo depende dele!
JORNALISTA: - Amor.
DR. FREUD: -
O que gostaria que fosse escrito em sua lápide?PSICÓLOGO: - “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda” (2Tm 4:7).
JORNALISTA: - Pergunta macabra essa, viu! Sei lá, deixo para a posteridade.
DR. FREUD: - Gratia Dei! Acabou a hora de vocês! Eu não agüentava mais! Mais
um minuto com essas histórias e eu fugiria para os Estados Unidos de novo!
PSICÓLOGO: - Como acabou? E eu nem comecei a falar das fobias! Não deu tempo nem para uma transferência! E qual foi o motivo dessa conversa toda?
DR. FREUD: - Meu camarada, uma sessão de análise só tem cinqüenta minutos! A transferência é balela mesmo porque sempre existirá a peste dessa resistência! E essa conversa toda foi um MEME que a marinheira do ENTRE MARÉS mandou p’ra mim e eu estou repassando para vocês. Eu entrei nessa de bloggeiro e a Sú também fez o meu blog, ora. Agora eu sou um “blogólatra” inveterado! Uma verdadeira catarse! E quando vocês fizerem um, repassem esse meme para o
DIÁRIO DE BORDO e para UM LUGAR DE EXPRESSÃO. Entenderam? Agora, saiam daqui! Ah, deixem o pagamento com minha secretária, a Bertha!
PSICÓLOGO/JORNALISTA: - Dá um tempo, não empurra não!
DR. FREUD: - EGO SUM SACCULUS PLENUS!
PSICÓLOGO: - O quê?
DR. FREUD: - Eu estou de saco cheio! O próximo!!!


Para dar conta desse meme é só extrair e responder as questões em negrito. Os pensadores encaixaram o meme em um diálogo alucinógeno, um tanto psicótico, mas verdadeiro e de coração. Use o seu Sistema Límbico e faça o meme do jeito que lhe aprouver, porque meme é que nem Neston, tem 1000 maneiras de fazer! Abraços dos usineiros!

3 Pensadores:

Su disse...

hauhaiuahauiha...

Uauu, adooorei o meme!!
Perfeitoo!
Só podia ser esses meus amigos usineiros com tantas inovações!!
Adooooorei as respostas, as fotografias, a consulta!! Tudo peerfeito!!!!

Que concurso, hein??!

Ih, Marcinha, relaxa!! Todo universitário e estudante é estressado... rsrsrs

Beeeeijoooos

Jornalista Azarado disse...

Eita diacho!!! Vou tentar responder tudinho da maneira mais eficiente!!hehehe..

Valeu amigões!!!

Abços grandes pensadores!

Brisa disse...

oie,
Esse meme é meu??
Eu nunca recebi um meme, e olha que responderei com maior prazer!!!
Obaaa!!
Beeeeijooooos

 
Toggle Footer
Top